Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Meu Mundo Jehovah

O Meu Mundo Jehovah

18
Mai17

Texto diário


Sarinha

Quinta-feira, 18 de Maio

Tens de amar . . . o teu próximo como a ti mesmo. — Luc. 10:27.

Sempre que você estiver em dúvida sobre como agir numa situação, será bom se perguntar: ‘O que Jesus faria em meu lugar?’ O país onde Jesus vivia era formado por várias regiões: Judeia, Galileia, Samaria e outras. A Bíblia revela que havia tensões entre pessoas dessas regiões. (João 4:9) Também havia tensões entre fariseus e saduceus (Atos 23:6-9), entre o povo comum e os cobradores de impostos (Mat. 9:11) e entre os que tinham formação rabínica e os que não tinham. (João 7:49) No primeiro século, Israel era governado pelos romanos, e o povo não gostava nada da presença deles. Embora Jesus defendesse a verdade sobre Deus e reconhecesse que a salvação vinha dos judeus, ele nunca incentivou seus discípulos a nutrir rivalidades. (João 4:22) Pelo contrário, ele os aconselhou a amar o próximo, ou seja, todas as pessoas.

17
Mai17

Texto diário


Sarinha

Quarta-feira, 17 de Maio 

 

 Glorificarei o próprio lugar dos meus pés. - Isa. 60:13

 

Que alegria sentimos em oferecer publicações práticas e belas no ministério! E, quando usamos as tecnologias mais modernas para divulgar a verdade -> como o site jw.org -  refletindo o interesse de Jeová nas pessoas, pois ele dá a elas a orientação que tanto precisam, mas que a maioria não tem. Não podemos nos esquecer do sábio ajuste feito em nossas reuniões para que tivéssemos um Noite de Adoração em Família ou mais tempo para estudo pessoal. Também somos gratos pelas mudanças nos programas de assembleia e congresso. Costumamos dizer que eles ficam melhores a cada ano. E com certeza nos alegram com o treinamento dado em nossas muitas escolas teocráticas. Vemos claramente a mão de Jeová em todos esses ajustes. Ele tem aumentado de forma gramática a beleza de sua organização e do paraíso espiritual que já temos. 

16
Mai17

Texto diário


Sarinha

Terça-feira, 16 de Maio 

Perdoa-nos as nossas dívidas. — Mat. 6:12

Porque Jesus usou a palavra “dívidas” nessa ocasião, e mais tarde falou de “pecados”? (Mat. 6:12; Luc. 11:4) Mais de 60 anos atrás, A Sentinela explicou bem: “Um pecado de transgressão contra a lei de Deus nos endivida a ele. . . . Pelo nosso pecado Deus podia exigir e tomar nossa vida. . . . Ele podia retirar de nós sua paz, rompendo todas as relações pacíficas conosco. . . . Devemos-lhe nosso amor, expresso em obediência; e quando pecamos não pagamos a nossa dívida de amor a ele, pois o pecado é falta de amor para com Deus.” (1 João 5:3) Precisamos ser perdoados todos os dias. Isso mostra a importância do sacrifício do resgate de Jesus, a única base legal para Deus cancelar nossos pecados. Embora esse resgate tenha sido pago há quase 2 mil anos, devemos valorizá-lo como um presente recebido hoje. “O preço de redenção” por nossa vida “é tão precioso” que nenhum humano imperfeito, mesmo com seus melhores esforços, chegaria perto de pagá-lo

15
Mai17

Texto diário


Sarinha

Segunda-feira, 15 de Maio

 

Guarda teu caminho longe [da mulher imoral] e não te chegues á entrada da sua casa. - Provérbios 5:8

 

O capítulo 7 de Provérbios mostra o perigo de desconsiderar esse Conselho. Lemos ali sobre um jovem que vai caminhar perto da casa de uma mulher imoral. Eles cometeram imoralidade sexual. Tudo isso poderia ter sido evitado se ele tivesse ficado longe dela. (Pro. 7:6-27) Será que ás vezes também mostramos falta de bom senso, talvez nos colocando em situações perigosas que poderiam despertar desejos errados? Por exemplo, á noite, algumas emissoras de TV exibem uma programação mais liberal. Que dizer se, por vezes ou outra, ficamos trocando de canal só para ver o que está passando? Ou pode ser que a esse os sem cuidado links na Internet ou frequentamos salas de bate-papo e sites que apresentam conteúdo pornográfico ou oferecem serviços sexuais. Em situações assim, talvez nos deparemos com algo que pode provocar desejos impróprios e enfraquecer nossa determinação de nos manter castos. 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D